LEITURA DIÁRIA

1.Hebreus, 13.18 - Orai por nós, porque estamos persuadidos de que temos boa consciência, sendo desejosos de, em tudo, portar-nos corretamente.

2.Hebreus, 13.15 - Por ele, pois, ofereçamos sempre a Deus sacrifício de louvor, isto é, o fruto dos lábios que confessam o seu nome.

3.Hebreus, 13.16 - Mas não vos esqueçais de fazer o bem e de repartir com outros, porque com tais sacrifícios Deus se agrada.

4.Hebreus, 13.17 - Obedecei a vossos guias, sendo-lhes submissos; porque velam por vossas almas como quem há de prestar contas delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil.

5.Hebreus, 13.19 - E com instância vos exorto a que o façais, para que eu mais depressa vos seja restituído.

6.Hebreus, 13.20 - Ora, o Deus de paz, que pelo sangue do pacto eterno tornou a trazer dentre os mortos a nosso Senhor Jesus, grande pastor das ovelhas,

7.Hebreus, 13.21 - vos aperfeiçoe em toda boa obra, para fazerdes a sua vontade, operando em nós o que perante ele é agradável, por meio de Jesus Cristo, ao qual seja glória para todo o sempre. Amém.

8.Hebreus, 13.22 - Rogo-vos, porém, irmãos, que suporteis estas palavras de exortação, pois vos escrevi em poucas palavras.

9.Hebreus, 13.23 - Sabei que o irmão Timóteo já está solto, com o qual, se ele vier brevemente, vos verei.

10.Hebreus, 13.24 - Saudai a todos os vossos guias e a todos os santos. Os de Itália vos saúdam.

11.Hebreus, 13.25 - A graça seja com todos vós.

12.Tiago, 1.1 - Tiago, servo de Deus e do Senhor Jesus Cristo, às doze tribos da Dispersão, saúde.

13.Tiago, 1.2 - Meus irmãos, tende por motivo de grande gozo o passardes por várias provações,

14.Tiago, 1.3 - sabendo que a aprovação da vossa fé produz a perseverança;

15.Tiago, 1.4 - e a perseverança tenha a sua obra perfeita, para que sejais perfeitos e completos, não faltando em coisa alguma.

16.Tiago, 1.5 - Ora, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e não censura, e ser-lhe-á dada.

17.Tiago, 1.6 - Peça-a, porém, com fé, não duvidando; pois aquele que duvida é semelhante à onda do mar, que é sublevada e agitada pelo vento.

18.Tiago, 1.7 - Não pense tal homem que receberá do Senhor alguma coisa,

19.Tiago, 1.8 - homem vacilante que é, e inconstante em todos os seus caminhos.

20.Tiago, 1.9 - Mas o irmão de condição humilde glorie-se na sua exaltação,

21.Tiago, 1.10 - e o rico no seu abatimento; porque ele passará como a flor da erva.

22.Tiago, 1.11 - Pois o sol se levanta em seu ardor e faz secar a erva; a sua flor cai e a beleza do seu aspecto perece; assim murchará também o rico em seus caminhos.

23.Tiago, 1.12 - Bem-aventurado o homem que suporta a provação; porque, depois de aprovado, receberá a coroa da vida, que o Senhor prometeu aos que o amam.

24.Tiago, 1.13 - Ninguém, sendo tentado, diga: Sou tentado por Deus; porque Deus não pode ser tentado pelo mal e ele a ninguém tenta.

25.Tiago, 1.14 - Cada um, porém, é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência;

26.Tiago, 1.15 - então a concupiscência, havendo concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte.

27.Tiago, 1.16 - Não vos enganeis, meus amados irmãos.

28.Tiago, 1.17 - Toda boa dádiva e todo dom perfeito vêm do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação.

29.Tiago, 1.18 - Segundo a sua própria vontade, ele nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos como que primícias das suas criaturas.

30.Tiago, 1.19 - Sabei isto, meus amados irmãos: Todo homem seja pronto para ouvir, tardio para falar e tardio para se irar.

31.Tiago, 1.20 - Porque a ira do homem não opera a justiça de Deus.

32.Tiago, 1.21 - Pelo que, despojando-vos de toda sorte de imundícia e de todo vestígio do mal, recebei com mansidão a palavra em vós implantada, a qual é poderosa para salvar as vossas almas.

33.Tiago, 1.22 - E sede cumpridores da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos.

34.Tiago, 1.23 - Pois se alguém é ouvinte da palavra e não cumpridor, é semelhante a um homem que contempla no espelho o seu rosto natural;

35.Tiago, 1.24 - porque se contempla a si mesmo e vai-se, e logo se esquece de como era.

36.Tiago, 1.25 - Entretanto aquele que atenta bem para a lei perfeita, a da liberdade, e nela persevera, não sendo ouvinte esquecido, mas executor da obra, este será bem-aventurado no que fizer.

37.Tiago, 1.26 - Se alguém cuida ser religioso e não refreia a sua língua, mas engana o seu coração, a sua religião é vã.

38.Tiago, 1.27 - A religião pura e imaculada diante de nosso Deus e Pai é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas aflições e guardarse isento da corrupção do mundo.

39.Tiago, 2.1 - Meus irmãos, não tenhais a fé em nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor da glória, em acepção de pessoas.

40.Tiago, 2.2 - Porque, se entrar na vossa reunião algum homem com anel de ouro no dedo e com traje esplêndido, e entrar também algum pobre com traje sórdido.

41.Tiago, 2.3 - e atentardes para o que vem com traje esplêndido e lhe disserdes: Senta-te aqui num lugar de honra; e disserdes ao pobre: Fica em pé, ou senta-te abaixo do escabelo dos meus pés,

42.Tiago, 2.4 - não fazeis, porventura, distinção entre vós mesmos e não vos tornais juizes movidos de maus pensamentos?

43.Tiago, 2.5 - Ouvi, meus amados irmãos. Não escolheu Deus os que são pobres quanto ao mundo para fazê-los ricos na fé e herdeiros do reino que prometeu aos que o amam?

44.Tiago, 2.6 - Mas vós desonrastes o pobre. Porventura não são os ricos os que vos oprimem e os que vos arrastam aos tribunais?

45.Tiago, 2.7 - Não blasfemam eles o bom nome pelo qual sois chamados?

46.Tiago, 2.8 - Todavia, se estais cumprindo a lei real segundo a escritura: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo, fazeis bem.

47.Tiago, 2.9 - Mas se fazeis acepção de pessoas, cometeis pecado, sendo por isso condenados pela lei como transgressores.

48.Tiago, 2.10 - Pois qualquer que guardar toda a lei, mas tropeçar em um só ponto, tem-se tornado culpado de todos.

49.Tiago, 2.11 - Porque o mesmo que disse: Não matarás. Ora, se não cometes adultério, mas és homicida, te hás tornado transgressor da lei.

50.Tiago, 2.12 - Falai de tal maneira e de tal maneira procedei, como havendo de ser julgados pela lei da liberdade.

51.Tiago, 2.13 - Porque o juízo será sem misericórdia para aquele que não usou de misericórdia; a misericórdia triunfa sobre o juízo.

52.Tiago, 2.14 - Que proveito há, meus irmãos se alguém disser que tem fé e não tiver obras? Porventura essa fé pode salvá-lo?

53.Tiago, 2.15 - Se um irmão ou uma irmã estiverem nus e tiverem falta de mantimento cotidiano.

54.Tiago, 2.16 - e algum de vós lhes disser: Ide em paz, aquentai-vos e fartai-vos; e não lhes derdes as coisas necessárias para o corpo, que proveito há nisso?

55.Tiago, 2.17 - Assim também a fé, se não tiver obras, é morta em si mesma.

56.Tiago, 2.18 - Mas dirá alguém: Tu tens fé, e eu tenho obras; mostra-me a tua fé sem as obras, e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras.

57.Tiago, 2.19 - Crês tu que Deus é um só? Fazes bem; os demônios também o crêem, e estremecem.

58.Tiago, 2.20 - Mas queres saber, ó homem vão, que a fé sem as obras é estéril?

59.Tiago, 2.21 - Porventura não foi pelas obras que nosso pai Abraão foi justificado quando ofereceu sobre o altar seu filho Isaque?

60.Tiago, 2.22 - Vês que a fé cooperou com as suas obras, e que pelas obras a fé foi aperfeiçoada;

61.Tiago, 2.23 - e se cumpriu a escritura que diz: E creu Abraão a Deus, e isso lhe foi imputado como justiça, e foi chamado amigo de Deus.

62.Tiago, 2.24 - Vedes então que é pelas obras que o homem é justificado, e não somente pela fé.

63.Tiago, 2.25 - E de igual modo não foi a meretriz Raabe também justificada pelas obras, quando acolheu os espias, e os fez sair por outro caminho?

64.Tiago, 2.26 - Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também a fé sem obras é morta.

65.Tiago, 3.1 - Meus irmãos, não sejais muitos de vós mestres, sabendo que receberemos um juízo mais severo.

66.Tiago, 3.2 - Pois todos tropeçamos em muitas coisas. Se alguém não tropeça em palavra, esse é homem perfeito, e capaz de refrear também todo o corpo.

67.Tiago, 3.3 - Ora, se pomos freios na boca dos cavalos, para que nos obedeçam, então conseguimos dirigir todo o seu corpo.

68.Tiago, 3.4 - Vede também os navios que, embora tão grandes e levados por impetuosos ventos, com um pequenino leme se voltam para onde quer o impulso do timoneiro.

69.Tiago, 3.5 - Assim também a língua é um pequeno membro, e se gaba de grandes coisas. Vede quão grande bosque um tão pequeno fogo incendeia.

70.Tiago, 3.6 - A língua também é um fogo; sim, a língua, qual mundo de iniqüidade, colocada entre os nossos membros, contamina todo o corpo, e inflama o curso da natureza, sendo por sua vez inflamada pelo inferno.

71.Tiago, 3.7 - Pois toda espécie tanto de feras, como de aves, tanto de répteis como de animais do mar, se doma, e tem sido domada pelo gênero humano;

72.Tiago, 3.8 - mas a língua, nenhum homem a pode domar. É um mal irrefreável; está cheia de peçonha mortal.

73.Tiago, 3.9 - Com ela bendizemos ao Senhor e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus.

74.Tiago, 3.10 - Da mesma boca procede bênção e maldição. Não convém, meus irmãos, que se faça assim.

75.Tiago, 3.11 - Porventura a fonte deita da mesma abertura água doce e água amargosa?

76.Tiago, 3.12 - Meus irmãos, pode acaso uma figueira produzir azeitonas, ou uma videira figos? Nem tampouco pode uma fonte de água salgada dar água doce.

77.Tiago, 3.13 - Quem dentre vós é sábio e entendido? Mostre pelo seu bom procedimento as suas obras em mansidão de sabedoria.

78.Tiago, 3.14 - Mas, se tendes amargo ciúme e sentimento faccioso em vosso coração, não vos glorieis, nem mintais contra a verdade.

79.Tiago, 3.15 - Essa não é a sabedoria que vem do alto, mas é terrena, animal e diabólica.

80.Tiago, 3.16 - Porque onde há ciúme e sentimento faccioso, aí há confusão e toda obra má.

81.Tiago, 3.17 - Mas a sabedoria que vem do alto é, primeiramente, pura, depois pacífica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade, e sem hipocrisia.

82.Tiago, 3.18 - Ora, o fruto da justiça semeia-se em paz para aqueles que promovem a paz.

83.Tiago, 4.1 - Donde vêm as guerras e contendas entre vós? Porventura não vêm disto, dos vossos deleites, que nos vossos membros guerreiam?

84.Tiago, 4.2 - Cobiçais e nada tendes; logo matais. Invejais, e não podeis alcançar; logo combateis e fazeis guerras. Nada tendes, porque não pedis.

85.Tiago, 4.3 - Pedis e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites.

86.Tiago, 4.4 - Infiéis, não sabeis que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.